• Emergência: (11) 99824-3995


Acupuntura

 

 

Pode-se definir a acupuntura (acus=agulha e puntura=punção) como a inserção de agulhas muito finas em pontos pré-estabelecidos especificamente (meridianos) sobre o corpo do indivíduo a curar, para produzir uma determinada reação fisiológica.
Na Medicina Veterinária foi determinado 32 pontos simples e 40 bilaterais, ou seja, foram selecionados 112 pontos possíveis de ser usados em pequenos animais. Cada ponto de acupuntura tem uma ou várias funções ao ser estimulado. Ao se combinar com outros pontos, produzem resultados que modificam a ação do órgão a tratar. Entretanto, a inadequada seleção dos pontos pode anular ou exacerbar os sintomas clínicos a tratar.
A acupuntura veterinária provavelmente é quase tão antiga como a acupuntura humana . O primeiro acupunturista que foi registrado na história se chamava Sun Yong. Ele viveu nos anos 480 a.C e é considerado como o pai da profissão veterinária na China.
Nesse tempo, a acupuntura era feita em cavalos os quais eram estimulados com flechas antes de cada batalha. Os veterinários também tratavam vacas, cervos e aves desde a Dinastia Chow.
Hoje em dia, a acupuntura é mais utilizada para as seguintes funções: alívio da dor; paralisia e paresia dos membros posteriores; afecções motoras dos membros anteriores; indução de respostas nervosas autônomas; analgesia; patologias de pele; patologias do trato gastrointestinal; afecções musculo-esqueléticas degenerativas ou senis; afecções de coluna vertebral; síndromes de mal-absorção; síndrome de insuficiência renal; estimulação durante o trabalho de parto; e enfermidades respiratórias crônicas.

 

acupuntura1.gif (72 KB)

 

Acupuntura é feita por especialistas e somente com hora marcada.

 

 

Desenvolvido por Fênix Sites |