Por que os gatos ronronam?

Quem tem gatinhos já sabe: Aquele momento tranquilo em que sentamos no sofá ou poltrona, eles se aconchegam em nosso colo e logo ronronam! É a prova máxima do amor dos pequenos com a gente! Mas sempre fica a pergunta, afinal por que os gatos ronronam? O que significa o ronronar?


Mães e filhotes

Nem sempre nós conseguimos ouvir esse ronronar, aquela suave vibração que nos encanta, mas podemos senti-lo. Estudos apontam que a função original desse ronronar era permitir que o filhote se comunicasse com a mãe, como um sinal que tudo está bem. A mamãe gata também ronrona para tranquilizar seu filhote enquanto ele está mamando.

Outras situações em que a mamãe gata pode ronronar são durante o trabalho de parto para aliviar o desconforto e depois dos bebês nascerem. Como os gatinhos nascem cegos e surdos, as vibrações da sua mãe são muito importantes para a sua sobrevivência e, com apenas dois dias de idade, eles podem começar a se comunicar com a mamãe e os irmãos de ninhada ronronando de volta!


Afinal, por que os gatos ronronam?

Alguns estudos mostram que os gatos não ronronam apenas quando estão felizes, mas também quando estão estressados ou com medo, funcionando assim como um mecanismo de defesa ou uma forma de manter a calma em situações de estresse.

Acreditava-se há décadas que o ronronar é uma forma de comunicação, porém no começo dos anos 2000, surgiram hipóteses de que o ronronar tinha outros propósitos além desse. O trabalho de pesquisadores levou a um entendimento melhor do propósito do ronronar felino, sendo provável que o ronronar tenha propriedades de comunicação, apaziguamento e até de cura!

O seu gatinho não ronrona? Calma, não é falta de amor por você! Especialistas em comportamento felino acreditam que os gatinhos que não tiveram a presença da mãe na primeira infância tendem a não ronronar, pois esse é um comportamento aprendido nessa fase e se os pequeninos não foram estimulados a ronronar desde cedo é provável que não tenham esse hábito durante a vida adulta.


Curiosidades

  • A família dos gatos (Felidae ou Felídeos) é dividida em duas subfamílias: Panthera e Felinae.
  • A primeira (Panthera) inclui os 4 grandes felinos que rugem – leões, tigres, onças e leopardos.
  • A segunda subfamília (Felinae) engloba felinos que só conseguem ronronar, como o gato domesticado, o lince, o guepardo, a onça-parda e outros pequenos felinos selvagens.
  • Os felinos que rugem não conseguem ronronar e os gatos que ronronam não conseguem rugir.

A onça-parda, que pode pesar até 100 kg e com cerca de dois metros de comprimento, é a maior das espécies de felinos pequenos, enquanto o tigre é o mais imponente dos 4 grandes felinos que rugem podendo chegar a quase quatro metros de comprimento e mais de 300 kg.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o ronronar dos nossos filhotes, que tal aproveitar esses momentos de prazer e relaxamento ao lado deles?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.